Redes Sociais fora do ar

Padrão

Venho dizendo aos meus alunos que o “fenômeno” das redes sociais não é nenhuma novidade. Ao contrário, é até bem antigo: existe desde que o primeiro humano falou com outro humano a começaram a criar um “laço” entre eles. Na verdade, Carlos Drummond de Andrade falava dele 15 anos antes de nascer a internet:

Quadrilha
1954, Carlos Drummond de Andrade

João amava Teresa que amava Raimundo
que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili
que não amava ninguém.
João foi para os Estados Unidos, Teresa para o convento,
Raimundo morreu de desastre, Maria ficou para tia,
Joaquim suicidou-se e Lili casou com J. Pinto Fernandes
que não tinha entrado na história

Conrado Adolpho, do iMasters, publicou recentemente um texto que fala um pouco sobre isso, onde questiona se redes sociais são tendência ou modismo. Uma boa leitura.

Abaixo, por fim, vai o material que usei nas aulas sobre Mídias Sociais. Começo com uma breve explicação sobre o conceito de Redes Sociais e depois trabalho um pouco a idéia de mídia tradicional, sua mudança para o conceito de mídias sociais e, por fim, alguns (poucos) casos recentes nesse ambiente. Foram duas aulas nessa discussão e achei interessante o resultado: no fim, já tinha gente querendo analisar se os amigos e namoradas(os) tinham laços fracos ou fortes.

Eu de analista? No way!

Últimas Apresentações – Estratégia – FIT

Padrão

Caros,

Conforme dito no e-mail, os dois últimos grupos de Estratégia Empresarial na FIT disponibilizaram suas apresentações on-line, em formato slidecast, para participação de todos. A primeira é uma análise do grupo GCR e segue abaixo.

Lembro que as perguntas devem ser respondidas pelo grupo até segunda-feira pela manhã. A participação de todos é bem vinda

Twitteravaliação

Padrão

Ontem, durante as apresentações dos alunos do 1º semestre da FIT, valendo as notas do 2º Bim, fizemos uma experiência (eu e os alunos). Enquanto os grupos se revezavam nas apresentações, os demais acompanhavam, via Twitter, os comentários do professor. Tinham a oportunidade de clicar nos links das apresentações e comentar também os trabalhos dos colegas. Para mim, além de propiciar uma experiência interativa com a turma num momento que normalmente seria de baixa interação, foi legal ver os comentários dos colegas acerca dos trabalhos. Sem contar, também, que foi uma experiência divertida.

Creio que, finalmente, tenha encontrado uma boa utilidade para o Twitter.

Gostaria de saber da turma: que acharam?

Socialmente em Rede

Padrão

Na onda das redes sociais, não resisti e acabei criando a minha. Sim, não, ops… não bem “minha”, mas um espaço para relacionamento com os alunos e ex-alunos. Optei pelo Ning (quem esteve na palestra de quinta-feira, deve lembrar).

Deixo o espaço aberto para vocês lá. Como ainda estou montando, configurando, ainda não sei quais as melhores features. Vamos construir isso juntos. Fiquem apeople-and-globevontade para montar os grupos de suas turmas, faculdades, até mesmo de trabalho. Criei apenas uma para testar.

Espero por vocês lá…